terça-feira, 29 de dezembro de 2009

- Hoje é dia de Filosofar

Hoje eu dormi até quase 14h00, acordei fui a praia TENTAR  pegar um BELO bronzeado. RARARÁ... consegui eh ficar encardida de sol ¬¬'  Dei uma caminhadinha na praia enquanto estava sol, quando cheguei em casa caiu AQUELA chuva. Então fui ler... Li até umas 17h30 e depois fui para minha irmã, brinquei com as crianças e agora estou em casa.
Bom, como eu não tive muitas novidades ontem resolvi falar um pouco sobre o que estou sentindo.
Sei lá, enfim eu estou com meu coração em paz. Não estou me sentindo sozinha mais, estou feliz sem estar SUPER euforica. Não to me sentindo tão feia. Só estou preocupada com as contas, mas elas só vencem no dia 20/01/2010, hehehehe. Eu estou com meus amigos, indo pra bares, baladas, praias... tendo momentos a dois maravilhosos. Mas tem algo que eu ignoro em 99% do meu tempo que ainda me incomoda.
Como esse é MEU diário, EU falo o que EU quizer, e se alguém se incodar venha falar COMIGO [ ou pod dxar comentário...]
Bom, eu namorei meu ex por uns 3 anos eu acho, eu não sei direito. Mas eu sei que faz uns 4 anos que nós nos conhecemos. Terminamos e voltamos inumeras vezes... eu fui intensa. Levei ele do amor ao ódio. Dei muito amor, mas também o magooei muito ,como acontece em qualquer relacionamento que dure mais de 9 meses [ tempo em que nós pensamos que tudo é pra sempre, e que aquele é o amor de nossa vida]. Quando eu era 'legal' eu era a melhor namorada que alguém pode ter, sábia dar atenção, ser carinhosa, sabia me arrumar razoavelmente, sorria e brincava, sabia falar palavras bonitas e ainda fazer surpresas. Mas quando eu me SUFOCAVA eu pirava... fiz tudo que podia [ e coisas que não devia ter feito] para ferir e machucar, perdi os limites MUITAS vezes. Mas eu estava FORA de mim... assim como muitas vezes eu ouvi muitos insultos de boca fechada. E sei que nessa horas ele também estava fora de si, e soube perdoar.
Mas o que você sentiria por uma pessoa que você conviveu por 4 anos e que prometeu amizade e simplesmente SOME? DESAPARECE? MORREEEE??!!!
Eu aprendi a gostar dele, como ele é. Talvez todo aquele encanto, aquele romantismo tenha se esvaido, tesão e talz, mas sabe por quê? Porque virou AMIZADE... eu gosto dele como meu amigo de todas horas, o companheiro masculino, NADA MAIS. Aquele amigo que eu posso abraçar e que vai me entender, sabe o que sinto apenas com um olhar... que EU também entendo, que tenho vontade de star perto quando ele tiver insatisfeito com as notas da faculdade, ou tiver brigado com a família. Ou até quando estiver brigado com a namorada e ele vier reclamar eu consegui dizer quando ela pisou na bola ou quando o erro for dele. Será que eu não conheço ele o suficiente pra saber que ele esta se enganando agora?  Poxa, me dói muito saber que ele FINGE que me esqueceu. Fico pensando se ele não lembra de mim em nenhum minuto do dia dele.... porque eu penso nele. As vezes eu faço algo que não tem como não lembrar dele. Ou faço algo que ele não gostaria que eu fizesse e vem a vozinha dele na minha cabeça "Aline, não faça isso". Se ele realmente não tem a mínima vontade de falar comigo, então todo aquele sentimento bonito de amizade que eu plantei foi em vão. Cadê aquele meu amigo de cinema [pq filme pra mim eh FILME], meu amigo de discordar em filosofia, em matemática? Porque as pessoas são assim, será que ele está tão magoado assim? Será que prometeu pra nova menina que não falaria mais comigo? Será que ele realmente nunca nem gostou de mim como amiga? Ou só gostava de mim enquando eu estava o NAMORANDO ele? Será que ele só gostava dos momentos corporais? Pq eu aprendi a gostar dele MUITO além disso... será que ele consegue apagar todos esses anos... em que MUITAS vezes eu deixei de fazer coisas que eu tinha vontade só pra ajudá-lo? Eu não queria ser substituida, mas ele achou que encontrando uma namorada ia substitui a amigsa, uma cousa não tem nada haver com a aoutra. Até porque acho que ele deveria ter arrumado uma namorada ha tempos. Houveram outras, que, como AMIGA, eu considero melhor pra ele, mas ele dificultou... então chegamos ao ponto em que estamos. Acontece é que porque ele está com ela que a nossa amizade acabou... e eu sinto tanta falta. Queria ter dado um feliz aniversário com votos de sucesso ao vivo, queria poder desejar-lhe feliz ano novo e abraça-lo, assim como abraço outros amigos. Gostaria de rir com ele das coisas que ele não sabe fazer, e ve-lo tirar sarro da minha alta capacidade intelectual em matemática. Queria poder mandar um sms pra ele flando " Lú, to na merda", e ele me ajudar. TUDO como meu amigo. Meu tempo está muitissimo bem ocupado, eu não queria ele pra mim, poxa, quantos amigos meus tem namorada? E o que isso os impede de falar comigo? =/ É difícil explicar a falta que ele me faz. Porque para quem ler isto deve parecer que eu não quero só amizade.
As vezes eu também fico pensando se foi porque ele gostava mais de mim quando eu queria apenas amizade, e ele ficou sentido. Como eu poderia saber se nunca tivemos uma conversa de verdade, para cortar os T's e por os pingos no I's ? E eu sei que vou levar essa dor dessa amizade interrompida comigo por muito tempo, assim como foi com meu primeiro namorado, que eu só consegui esquece-lo completamente depois que, 1,5 anos depois q a gnt tinha terminado, nos reencontramos e conversamos tudo que deveria ter sido conversado no fim. E então eu consegui seguir meu caminho longe dele sem sentir aquele vazio.
Pro Edu eu jurei que jamais falaria com ele denovo. E a promessa continua. Eu não quero aproximação como antes, nem dá né? Mas eu queria mesmo entender tudo isso.
Bom, isso é um desabafo, estou muito triste com esse 1% do meu dia em que eu deixo meus pensamentos voarem até a filosofia de CADE A AMIZADE DELE?, eu penso qe ele MORREU. MORTO ele nunca mais falaria comigo novamente. Tentarei pensar assim a partir de agora. Só que eu pensei que conhecia ele, esperei mais dele. Este foi o problema. Por que eu ache que conhecia ele? É ai que a gente se engana...
Se um dia ele ler isto, espero que venha falar comigo e explicar pra onde foi nossa amizade. Não quero causar mais tempestade que ja causei. Queria entender o porque desse sumisso.Espero que ele seja feliz. Porque eu estou sendo, mas apesar de toda minha felicidade sinto falta dele. Aquele que um dia eu chamei de amigo. =/

Nenhum comentário: