quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

- Se eu morresse hoje...

CALMA! Não to deprê, muito pelo contrário, continuo tão bem [ ou até melhor do que eu steva antes ;)]
Hoje acordei PUTA as 15h00!!! Meeoo??!! Como me deixaram dormir até essa hora!?? Alguém devia ter me acordado... enfim, acordei puta pq dormi demais, mas a putisse passou instantaneamente após o almoço, que modéstia a parte, estava excelente!
Tomei banhinho, me troquei e fui tentar tingir minha saia *.* mas o malote vai demorar ainda pra ser entregue, então eu preferi levar na minha madrinha pra ENCURTAR ;)
Acho que dia 16 tem vive ;) Não conto com quem! Hahahaha
Ai depois vim pra casa curtir um nada com a família. Hoje foi um dia pra DESCANSAR, eu tava realmente precisando. Só não consigo dscansar do telefone neh? Mas enfim, isso faz com que eu não me sinta sozinha e pra mim está Ótimo!

Só que quando a gente faz absolutamente NADA somos possuídos por pensamentos estranhos... e eu pensei: "E se eu morresse hoje?"
Se eu morresse hoje ei morreria feliz. Olhei pra traz e pensei "Eu não faria NADA diferente... seria TUDO igualzinho", percebi que não me arrependo das coisas que fiz, em alguns momentos eu errei e talz, mas foram lições, que só depois de algum tempo eu pude perceber o quanto foram importantes para o desenvolvimento do SER HUMANO Aline, foram importantes para a minha maturidade...
Sim, eu morreria muito feliz, pois vivi até hoje, cada momento. Aproveitei todas as fases da minha vida até agora, sempre tive bom senso e juizo, e consegui cumprir as tarefas e não exceder os limites. Ri muito com meus amigos, soube pedir desculpas quando errei e abaixar a cabeça quando não tinha nenhum argumento para me defender.
Se eu morresse hoje eu diria a minha mãe OBRIGADA, ela foi uma amiga pra mim. Que além de me amar incondicionalmente, cuidava de mim [ queria que eu estivesse com o corpo e o cabelo bonito sempre] e fazia minha comida, que mesmo esquecendo o nome dos meus amigos, confiava em mim quanto a escolhe-los. Que gostou dos meus namorados até eles me magoarem, e falou "Aline, chega!" quando foi necessário. Ela foi excepcional até esse ponto.
Ao meu pai eu diria obrigada tb. Obrigada pelo apoio em todas as horas e em todas as decisões. Eu gostaria apenas que ele se perguntasse qual o sentido da vida dele, porque creio que ele ainda não encontrou. Pra que trabalhar tanto e não viver a vida? Pra que pegar todo o dinheiro que tem só pra ser melhor que alguém, enquanto seria melhor que ele pegasse o dinheiro para alimentar sorrisos e festas. Apesar de muitos erros que ele comete, eu ainda tenho que agradecer ao grande patrocínio que ele me deu.
A minha irmã eu diria EU TE AMO, porque essas são as palavras que expressam tudo o que sinto por ela. Irmã como a minha pouco hão de encontrar. Ela é LINDA demais, pra mim não existe mulher mais linda que ela. Eu diria a ela pra curtir mais a vida, sem ter medo de ser jovem, sem ter medo de errar o passo e ser cafona... dançar como se ninguém estivesse vendo. E também de que não é uma MARCA que torna a roupa de uma pessoa bonita, e sim a forma com que ela está vestida. Acho que a minha irmã se liga muito as marcas... hehehehe
Ao meu irmão eu pediria bom senso. Acho que ele não foi tão bom irmão pra mim como deveria ser. Ele foi melhor amigo e irmão pra qualquer outra pessoa, menos pra mim. O andré errou comigo. Sinceramente não trago muitas boas lembranças dele. Mas espero que ele tenha mais amor e PENA dos meus pais, que de mais valor à eles, porque um dia eles se vão. E diria pra ele procurar ajuda tb.
Aos meus amigos eu agradeceria, pois eles que fizeram com que cada dia da minha vida fosse ÚNICO e maravilhoso. Sem eles minha vida seria um mar de monotonia. Sem eles não haveria festas, baladas e sorrisos. Eles fazem da minha vida o livro mais emocionante [ ainda não escrito]
E existem algumas pessoas em especial que eu gostaria de citar...
Ao meu primeiro namorado: Ele foi o melhor AMANTE que eu ja tive. O livro que eu nunca escrevi. O tempo e as circunstancias nos distanciaram, fizeram-no outra pessoa, pessoa que eu sei, que hoje eu não seria capaz de me apaixonar. Mas foi com ele que eu descobri o significado da palavra paixão. Com ele eu tive as melhores sensações da minha vida. Fui do amor ao ódio. E hoje o guardo com um carinho especial no meu coração. Não me arrependo de nada do que houve entre nós, pois sei que se fosse um libro seria BEST SELLER ;). Penso que se ainda vivesse encontraria alguém que eu conseguiria amar mais que ele... acho que é isso
Ao meu segundo namorado: Foi a pessoa mais fraca que ja conheci. Uma pessoa completamente influenciável. Eu o amei muito, com muito mais carinho e cuidado que o meu primeiro namorado, mas de intensidade, de ser amante, foi algo beeem fraco. Não digo que foi um tempo perdido, pois com ele aprendi a dar valor as datas, a presentes, aprendi ter um pouco mais de consideração com as pessoas, e apesar de sermos namorados, foi com ele que eu aprendi o significado da palavra companhia. Ele foi minha companhia durante muito tempo, e apesar de todos os seus defeitos, eu não posso reclamar dele, pois ele sempre esteve ali, enquanto eu precisei [ enquanto nós estavamos juntos]. Mas existe algo que eu jamais o perdoaria se eu morresse hoje: o fato dele ter sumido, porque ele me jogou no fundo do poço e fugiu. Eu sempre considerei-o meu amigo, e ele não teve consideração com a minha amizade, e foi embora.
A minha família eu só tenho a agradecer. É uma mistura só, é amor com felicidade. O orgulho deles por mim sempre me fez querer crescer mais. Obrigado pelo orgulho que vocês tem de mim familia, eu também tenho muito orgulho de fazer parte desta família.
Hoje o meu epitáfio seria um plágio de Alvo Dumbledore: "A morte é apenas a aventura seguinte"

Boa Noite, e até amanhã! =D

Um comentário:

Arthur disse...

pois é mana aline é por essa razão que eu te digo: Tudo o que temos que decidir é o que fazer com o tempo que nos é dado