terça-feira, 11 de junho de 2013

É que não faz sentido caminhar sem dar a mão pra você


"Se eu to contigo não ligo se o sol não aparecer
É que não faz sentido caminhar sem dar a mão pra você"


Há quase 20 dias eu me tornei um turbilhão de emoções.
Todos os meus sonhos viraram pó... assim, como magia de pirimpimpim!
Eu, que flutuava tão tão alto, eu que vivia nas nuvens, fui jogada ao chão sem nem sequer um pára-quedas.

Há 20 dias estou triste. Uma tristeza que não lembro de ter sentido antes na minha vida
Uma tristeza profunda, que dói na pele! De verdade... não sei que alguém ja sentiu isso antes.
É uma dor forte, da vontade de gritar.
Acho que por isso que falam que a gente ama com o coração, porque é uma dor que dá no peito, um aperto, uma angústia.

As vezes eu fico bem, as vezes a minha tristeza é substituida por raiva. E pior que seja, quando eu estou com raiva eu não sinto dor.
Eu estou tentando ser forte, estou tentando fugir.
Sei que tem um monte de gente que já passou pelas mesmas coisas que eu to passando - ou até pior, e não ficaram como eu estou.

Eu tinha um companheiro... e eu perdi. Perdi meu melhor amigo, perdi um namorado, perdi a pessoa que mais me fazia rir. A parte física de verdade não conta muito, até pq a gente só se via uma vez por mês.
Esse companheiro me trouxe momentos incríveis. Ele me fez a mulher mais feliz do mundo, ele me fez a mulher mais amada do mundo.
Eu não teria como descrever todas as nossas aventuras. Foram tantas.
Lembro do começo, quando a gente se encontrava em alguns lugares.
Lembro da primeira tarde que a gente passou sozinho... foi tudo tão estranho, um apreensão, um medo, mas um desejo, uma vontade. Era tão olhos nos olhos, e não precisavam palavras...
Lembro das nossas incríveis festas. Lembro dos últimos 3 reveillons, que passamos juntos, com tantas promessas de vida nova. Lembro do último, a gente pulou ondinhas juntos... e sinceramente, não acho que pedi pra ser feliz com ele... eu sempre pedi pra que ele fosse feliz, porque isso era a minha felicidade.

O que eu sinto agora é uma dor. E essa dor vem, inesperadamente.
Hoje eu estava na faculdade, e no meio da prova veio essa dor... eu senti uma vontade tão grande de chorar.
E não é porque eu sou fraca.
Eu só amei.
Amei de verdade. Amei da maneira mais profunda e mais verdadeira que alguém pode amar.

Eu fiz 2 posts antes deste, mas o meu (ex)companheiro veio aqui e apagou.
Me feriu muito. Como se ja não bastasse tudo que está acontecendo... enfim.

Eu sinto muito a falta dele. Sinto falta do grande companheiro que ele foi pra mim.
E além de tudo eu vejo a situação que estou...
Quando eu penso que terei que conhecer novas pessoas, pra tentar encontrar um 'novo' amor, eu sinto TÉDIO! Que raiva ter que passar por isso novamente. Odeio pensar em conhecer alguém, em criar expectativas, em trocar telefones, em dividir a minha história, em conhecer a família, em aprender a lidar, TUDO DE NOVO!
Há algo que eu sei desde que eu sou adolescente. O amor da minha vida eu já encontrei, eu sei disso há quase 10 anos. Não imagino eu amando alguém novamente. Não imagino abrir meu coração pra outra pessoa. Não imagino me entregar pra outra pessoa...
Eu quero ficar sozinha, até sabe lá Deus quando.

Não cabe aqui perguntar o que eu fiz, o que ele fez, ou se há culpados...
Mas sei que ele está bem. Talvez eu nunca tenha sido companheira dele como ele foi pra mim.
Eu jamais conseguiria abandoná-lo como ele fez comigo.

Eu to sofrendo muito ainda.
To escrevendo aqui porque não aguentava mais essa dor no meu peito.

Hoje se eu pudesse gostaria de encontra-lo, olhar em seus olhos, e dizer pra ele o quando o amo, o quanto ele é importante pra mim, e que a falta que ele faz em minha vida é tão grande, que eu nem imagino como vou ocupar esse enorme buraco.

Ele gostou da vida que eu apresentei a ele, e o amor foi tão livre que ele voou.

Esse é mais um dia de dor. Mais um dia que aquela fortaleza caiu. Mais um dia que eu estou MORRENDO....
Algumas vezes eu queria morrer mesmo, pra ver se essa dor passa.

E eu nunca imaginei que perderia o meu grande amor.

Tudo de novo, tudo do zero, mais uma vez.

...
Essa é a foto que se encontra no meu mural... parece que há alguns dias atrás a frase que está nela fazia um sentido completamente diferente....
Saudade de ser feliz com você! 

2 comentários:

Anônimo disse...

Amiga, não sei porque mas novamente fiquei curiosa pra ler o que vc postou e fiquei tão triste com o que vc escreveu, que doeu até meu coração. Sabe a um tempo atrás, exatos 2 anos (na mesma época) eu descobri que meu (ex)namorado estava me traindo e meu coração doía por não saber o que fazer e qual atitude tomar. Chorava dia e noite e sei como é essa dor que vc descreve (sim, somente quem passa por uma dor assim sabe como é).
Vi meu mundo desmoronar, e me perguntava.. pq eu? pq logo eu? eu sempre fui boa pessoa, estudiosa, sempre andei na linha.. e eu me perguntava DEUS pq eu? como vou fazer? não quero conhecer outra pessoa? será que vou conseguir ?
Mas posso te dizer?? aprendi dá pior forma possível de que DEUS é nosso PAI e somente ele sabe o nosso destino e futuro... E aprendi ainda que Deus não nos dá nenhum problema que não somos capaz de resolver..
Hoje sim, eu penso, quanto foi bom eu chorar por alguns meses do que sacrificar a minha vida inteira por alguem que não me deu o merecido valor.
Hoje eu estou namorando outra pessoa e antes eu pensei que era feliz e hoje mas que felicidade eu encontrei a paz, a calma e a tranquilidade que eu sempre almejei!
Uffa acabei desabafando tb rsrs
Mas se conselho fosse bom a gente vendia .. mas como gosto muito de vc vou dar mesmo assim..
Sei o quanto é difícil e o quanto vc batalhou por ele, mas a vida me ensinou que homem gosta de desprezo!
E outra coisa.. Não busque motivos em vc para ele ter ido embora, na verdade quem perdeu uma pessoa maravilhosa foi ele!
e por fim.. Deus sabe o que é melhor para nós, apenas viva a vida! Se for para ele voltar.. logo ele vai notar a pessoa maravilhosa que vc é .. e se não for? Deus vai colocar outra pessoa em seu caminho que vai te fazer ainda mais feliz ..

Bjoo Prefiro não me identificar ;)

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.