quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Verdade x Fantasia

Eeei people!
Comecei a escrever aqui, mas terei que fazer com um pouquinho de pressa, porque vou sair jajá.

Seguinte...
Desde de ontem a noite tava beem deprê, chorei, fiquei mal, falei besteira, falei demais... ou seja, bem eu!

Hoje fui pro centro cirúrgico de manhã, e tava com a lágrima brotando nas pálpebras - que poético o.O - e queria muuito escrever no blog. Mas... Não tinha computador pra eu escrever aquela hora, e então desabafei onde podia - no celular. E escrevi o texto aqui embaixo.
To postando o texto porque acho incrível como pequenos fatos podem mudar completamente nossos pensamentos!
Bom, aí está o texto... explico melhor depois dele:

"Sabe tem dias que é Foda. 
To esperando aqui no centro cirúrgico. .. queria um computador pra escrever ou quem sabe um transcritor de pensamentos.
Pensei em falar em voz alta e gravar minha voz e pra depois escrever... mas meus pensamentos estão muito dolorosos para eu aguentar dizê-los. 
Foda se. Isso aqui eh meu diário e eu não fiz isso aqui pra ficar me preocupando com quem vai ler.
Fiz isso pra documentar meus sentimentos. Os fatos nos diferentes tempos da minha vida. 
E tá foda hoje. 
To aqui num corredorzinho com um monte de gente passando pra todos os lados... e eu aqui, segurando as lágrimas. 
Foda é admitir que ainda choro, que ainda penso, que ainda não consegui me livrar de você. 
Pior ainda e sentir que essa história só está se repetindo como um ciclo... mas um ciclo que eu nunca achei que iria acontecer de novo.
Eu subestimei. .. achei que você nunca se interessaria por outra pessoa. Que independente do que acontecesse você tinha a mesma certeza que eu... Que tudo o que acontecesse seria apenas uma tempestade e que você não abriria mão do nosso amor. 
Penso que se tudo não tivesse acontecido na intensidade que aconteceu conosco quando era éramos mais jovens eu não teria me interessado por você quando o reencontrei em 2010.
Mas quando voltamos a nos ver, mesmo depois de anos separados... Depois de um fim doloroso... Tudo aconteceu de novo. E aquele amor que tinha sido escondido, e tinha sido machucado por nós dois, pôde se reestruturar e tudo tornou-se bom novamente. 
Já faz 1 mês da última vez que eu te vi. Menos tempo da última vez que nos falamos... e eu me pergunto se da próxima vez que nos encontrarmos seja daqui 6 meses ou em um desses fins de semana, nossos olhos vão brilhar e toda a dor irá embora, ou se será como em 2007, quando nos reencontramos e decidimos que não sentíamos nada um pelo outro, partindo cada um em seu caminho esperando o próximo reencontro. 
Lembro das vezes que nos falamos que seriamos amantes pro resto da vida caso nosso amor não fosse aceito um dia. Não gosto da ideia de amantes... eu não enganaria pessoas por tanto tempo. Eu não sou ruim, e quando tenho pensamentos ruins, trato de desestimula-los"


Então...  tava mal e talz.
Conversei com a Jú ontem a noite, e ela me trouxe a razão. Mas mesmo assim não adiantou. tava tipo menina mimada - to tisti e ponto!
Mas dai cheguei em casa, e fui olhar facebooks... Ai ai, minha irmã diz que isso é coisa do chifrudo, e eu to começando a acreditar.
Pra ser bem direta: vi fotos do meu ex - por quem eu tanto estava sofrendo - onde ele está hoje. Ele deve estar bem, obrigado. Recuperando-se e sendo feliz, graças a Deus. Maaaaas, eu achei que quando visse foto dele com outra pessoa, eu fosse morrer de chorar, meu mundo ia acabar... e sabe o que pensei: "OOOI??? EU TO SOFRENDO POR ISSO?". Sério, não é desmerecendo ninguem. Não vou cuspi no prato que comi. Mas o problema é que, mais uma vez eu vou dizer aqui, eu sofro por alguém que NÃO EXISTE! Ele está tão mudado... parece aquele homem que eu reencontrei em 2010, que eu não quis namorar a principio - porque o achava muito diferente de mim.
Eu só achei foda o seguinte: Legal, eu passei com ele por varias dificuldades, varios problemas, e agora que ele virou 'santo' vai curtir com outros?! Ta me chamando de otária né? Isso que me deixa Fula da vida!
Mas nem tanto também.

Algumas coincidências... o local que ele está foi fundado no dia do meu aniversário! Foda né? Olha que eu não dou valor a essas coisas. Mas as vezes parece que tão me zuando! Hahaha 
Ô dia lindo o 27 de setembro!

Eeee... depois que eu vi as novidades, ao inves de ficar mais triste, eu estou feliz! =D
Porque foi tipo um chacoalhão sabe? Tipo: "Guria, acorda, esse príncipe não existe!"  hahaha
Foi como uma amiga minha disse ontem: "Nunca vi tanta bruxa num conto de fadas" kkkkk
Mas sério. Me trouxe paz.
E me fez ver o tamanho da minha loucura né? 
To seriamente pensando em ir a um psiquiátrica. Considerando que mulher que ama demais é movida por OBSESSÃO e COMPULSÃO, acho que uma medicaçãozinha ia me ajudar a entrar na linha. Afinal, eu to limpa de remédios há séculos! hahaha
Vê-lo com outra pessoa só em fez pensar: "Urgh, se merecem" (Ah, quem ler isso não me julgue! Atire a primeira pedra se nunca pensou assim!) E não é dor de cotovelo não. Eu to em paz! Só me fez ver que, se fosse pra ser assim, eu não iria querer saca?

E aqui vem a ultima conclusão que eu cheguei até agora: Aquela cruz não é minha! "Ah guria, mas você já superou coisas piores, olha a dor de cotovelo aí!"... Mas não, eu não sei se suportaria uma vida daquela, naquela situação... Eu não aguentaria, é fato! Sei que suportei coisas piores, dependendo do ponto de vista. Mas AQUILO não é vida pra mim! 
Mas uma vez repito, não estou desmerecendo ninguém. Só que a vida é feita de escolhas, e a gente escolhe o que é melhor pra gente. Eu não tive escolhas se for olhar né? Mas acho que Deus escolheu por mim.
Se ele será uma pessoa melhor agora? Bom pra ele, porque tava precisando!

Aaah, e mais uma última coisa! hahaha
Também cheguei a outra conclusão: Ele também não escolheu ter uma vida do jeito que tem, mas ele teve que aprender a ser feliz com o que foi lhe dado. Olha aí, mais uma lição pra mim!
Eu também não escolhi a vida que eu to levando agora, eu queria casar, ter filhos, bla bla bla... Mas se ainda não era a hora, então serei feliz com o que é me dado! To quase me formando, atendo os pacientes - E AMO FAZER ISSO! - tenho uma familia maravilhosa, e amigos que são quase irmãos. To conseguindo emagrecer, to alcançando meus objetivos na minha vida profissional! O que mais eu poderia pedir?
Sabe, dizem que quando a gente quer uma coisa, basta pedir com fé para Deus que ela acontece. 
Eu quero sim formar uma familia feliz - FELIZ! Mas entrego minha vida nas mãos de Deus... e a resposta veio rapido.
Ontem, eu chorando, pedi pra Deus tirar a dor do meu coração. E hoje veio a resposta.
Eu tive que VER pra CRER que Deus quer algo melhor pra minha vida!

Eu to em paz, eu to feliz!

Agora PRECISOOO SAIR! To atrasada já!
Posto mais em breve, porque inspiração não está faltando!

Beijos pra vocês coisas lindas! ;)

ps: A música quando eu escrevi  aquele texto no celular era "Breath - Taylor Swift" e a de agora é "Dog days are over - Florence and the machine".
 - Desculpem-me os erros, este post será editado só amanhã ;)


Os fortes entenderão hahahaha


2 comentários:

Samantha disse...

Oi, Aline! Encontrei teu blogger por acaso no google, procurando uma música da Girls que postasse a poucos dias... Coincidência ou não, tu faz aniversário quase no mesmo dia que eu só sou quase 4 anos mais velha que tu.
Comecei a ler tuas postagens e pasme, passei pela mesma coisa que tu quando estava com 23 anos... Também fui rejeitada pela pessoa que mais amei na vida! Do nada nos separamos, ele me deixou numa sexta-feira a noite me dispensando mesmo, sofri como sofro até hoje. Eu entendo cada detalhe que escreves, me passa um filme a cada linha que leio e dói. Não procurei ajuda profissional, sempre fui muito durona e decidi que tinha que superar minhas perdas sozinha.
Tomara que contigo seja diferente, mas em mim dói até hoje, eu tive as mesmas atitudes de olhar fotos, pensar as mesmas coisas que tu pensa e resultado: isso não apaga a dor só mascara por um tempo.
Com o tempo tu não chora mais com tanta frequência, isso vai passar, tu te envolve com outras pessoas numa busca incessante de substituir aquele amor mas no final eu acabei por concluir que existe um único amor na vida e quando encontramos levaremos ele por todo o resto de nossas vidas.
Sorte pra ti e muita paz!!

Aline Paixão disse...

Oi Samantha! Obrigada pelo comentário! =D

Pois é guria, desde que eu comecei a escrever aqui apareceram muitas pessoas dizendo que viveram histórias parecidas... É o que nos consola não é mesmo?
Eu estou melhor a cada dia, mas realmente de vez em quando ainda dói. Procuro não ficar olhando as coisas agora... quanto mais eu mexo mais me fere.
Eu digo que é 'amar do fundo do coração', temos que amar tão fundo, tão fundo, a ponto de conseguirmos não enxergar mais.

Hoje eu faço parte de um grupo de ajuda para mulheres que amam demais... e juntas conseguimos o que eu não consigo fazer sozinha! =)

E estou na luta, vivendo um dia de cada vez, e sim, estou sendo feliz!

Sorte pra você!
E muuuuito amor!