domingo, 31 de agosto de 2014

Resolvi voltar!

“O homem que nunca muda de opinião é como as águas estagnadas, e gera répteis mentais.”
(William Blake)

Pois é, a saudade foi grande, e eu não aguentei...  Resolvi voltar!

Dentre tantos motivos que me fizeram estar aqui hoje, alguns deles são importantes citar:
 - Recebi emails, de seguidores do blog, que pediram pra eu continuar escrevendo... Pois isso os ajudava.
  - Apesar de tantas críticas a respeito do que eu escrevia, muita gente me parabenizou, e disse pra eu 'deixar pra lá' os que falavam mal
 - Escrever me da pra prazer, me ajuda no meu auto-entendimento, me ajuda a organizar meus pensamentos, e além de tudo, é um momento que eu tiro pra mim.

Enfim, VOLTEI! =D

Não reli a ultima postagem, então não sei quanto tempo faz que eu não escrevo aqui, e nem sei até onde contei as novidades.

Bom, estou solteira! 
Após todo aquele drama, que me deu muita inspiração pra escrever. Em janeiro reatei com meu ex. 
Tentei com todas as minhas forças fazer dar certo. 
Mas nunca mais foi a mesma coisa.
E hoje é sobre isso que eu quero escrever. 
A traição.

A traição ela não se dá com um beijo na boca, ou ir pra cama com a outra pessoa.
A traição se dá quando há alguém que engana, e outra que é enganada - Seja por negação ou não.

Eu contei muito sobre a minha obsessiva historia de amor aqui, sobre como eu sofri, e como eu tinha sido feliz nela.
Após mais de um ano do fim do namoro propriamente dito, hoje eu enxergo as coisa de maneira um pouco mais clara.
Eu cometi inúmeros erros, fui grossa, arrogante... Humilhei... Perdi o controle sobre mim mesma, e principalmente sobre as coisas que eu falava.
Mas não, ninguém merece ser traído. E eu fui.... E só eu sei o quanto aquilo mudou a minha vida.
Não foi a primeira vez que aquilo tinha acontecido. Mas depois de todo aquele investimento na relação, 4 dias depois o cara com quem eu tinha planos de casar, que estava prometendo noivar comigo, assumir relacionamento com a 'melhor' amiga de faculdade? Pois é, foi bem doído.
Mas maior é Deus sobre todas as coisas. E até hoje eu peço pra tirar essa decepção do meu coração, e enviar aos protagonistas e cúmplices dessa história, boas energias, para que eles também não façam isso com mais ninguém.

Outro dia, conversando com uma amiga, estávamos falando sobre como pessoas que fazem isso não tem noção do quanto mudam a vida de alguém. Mudou a minha vida. Aos 23 anos eu perdi a fé no amor, perdi a fé na lealdade.... Mudei minha maneira de gostar dos outros. E duvido muito que um dia volte a me entregar à alguém como já fiz. Perdi minha inocência ali... devido a fraqueza de um homem imaturo, e a falta de classe de uma mulher carente, e louca pra agarrar o único cara que ja quis ficar com ela.

Enfim, atualmente estou muito bem.
Terminamos como adultos, sem shows, sem brigas.... Terminamos porque sabemos que é impossível continuar este relacionamento com uma enorme sombra. E terminamos porque, pelo menos da minha parte, acabou o compromisso.

Essa é outra coisa que eu queria falar...
COMPROMISSO. Compromisso é uma coisa que vai além de um status do facebook, além de uma aliança no dedo, além do que sai da boca. Compromisso vem de dentro, ou você tem ou não tem.
Eu sempre tive compromisso com meu ex namorado, mesmo em 2013 quando eu descobri que ele tinha outra, e continuava saindo com ele mesmo assim, eu era fiel. Eu não saía com outros caras. 
Mas em 2014 as coisas mudaram, sei lá por qual motivo foi... Mas meu compromisso acabou. 
Casamento, que era algo tão importante pra mim, tornou-se secundário. 
Planejar o futuro junto? Nem pensar. Desde que voltamos eu nunca me vi casada com ele.
E junto com isso, o amor foi indo embora... Até que só restaram lembranças de tudo. E decidimos que não dava mais.
Quando acabou o compromisso, acabou-se tudo pra mim.

Por outro lado, entender e aceitar tudo isso.
Aceitar que não dava pra conviver com tanta dor que estar ao lado dele me proporcionava.
Aceitar que era impossível continuar com alguém que queria o mesmo que eu, mas não fazia por onde.
Aceitar que a vida dois é pra se somar, e não para ser uma competição de quem tem mais problemas...
Aceitar que 'casamento' DECIDIDAMENTE não é o motivo pelo qual as pessoas vivvem...

Por tudo isso, eu estou feliz como estou.

O meu compromisso é com a minha formatura atualmente. 11 meses para ela.
O meu compromisso é com a minha família...

Ah, mas o tempo ta passando. E se eu ficar pra titia?
Se eu ficar pra titia, FIQUEI! 
Mas simplesmente decidi que não vou gastar os meus dias com alguém que me traga mais problemas que alegrias.
Decidi lutar por mim.

Sabe, fazia muito tempo que eu não me sentia assim.
Completa. Lúcida. Racional.
Quando eu iniciei este blog estava numa fase tão boa quanto a que eu estou agora.
Eu me basto. 
Ja voltei a rever meus amigos, a curtir mais meus sobrinhos, meus pais....
Isso tudo sem a dor por 'estar sozinha'. 
Na vida hoje não há mais espaço pra dor...

E pela primeira vez na vida, sem ressentimentos, eu posso dizer que espero que ele seja muito feliz em tudo que fizer. Que Deus dê à ele sabedoria, para aproveitar as oportunidades da vida. 
E que comece aproveitando esta, que a chance de começar um romance do 0. Como ele nunca fez com ninguém.

Hoje não postarei música. Escrevi este post em silêncio.
É um novo ciclo que começou na minha vida.
Sem extravagancias, sem exageros. 
Mas com a certeza que dias melhores virão... E se virão.

Beijo grande em todos!
EU VOLTEI! =D




Nenhum comentário: